Novamente Crianças no Astral

 

Esta noite (01/07/2004) eu estava projetado e encontrei meu neto de dois anos e sete meses de idade.

Sempre que o encontro no astral, eu tenho a impressão que ele tem uma “vivacidade” ainda maior que no físico; é como se ele tivesse mais idade, como se compreendesse mais facilmente as coisas.

Pois bem, saímos no espaço e começamos a passar por entre as estrelas…

Fomos muito longe, durante muito tempo…

Víamos muitas formações coloridas, porém, nenhum lugar, nenhum sistema atraiu-me a atenção e decidi voltar.

Ao voltarmos, o pai dele (meu filho) estava nos esperando e contamos nossa aventura para ele.

Hoje conversei com meu filho por telefone e ele não se lembra de nada… a noite para ele foi um “blackout” (apagão) total.

Já observei, em algumas ocasiões, que no astral existem muitos locais agradáveis de recreação e brinquedos para as crianças…

E pelo jeito elas se divertem à beça.

Tal qual no físico, as crianças geralmente estão acompanhadas por outras crianças ou por adultos.

Não me lembro de ter visto alguma criança sozinha no astral.

2 comentários

  • Pedro Drummond disse:

    Venho aqui somente para registrar ao Sr Roberto Pineda minha grande satisfação em reencontrar seu blog em nova versão, me deleitar com suas experiências, recordá-las e me sentir tão bem provocada, instigada a reflexão e crescimento de tudo o que o senhor transmite de forma simples, direta e honesta e que tanto agrega valor à consciência. O encontro com sua obra/legado por aqui é intimista e precioso justamente porque o senhor deveras é um projetor astral que compartilha suas verdades (libertadoras!) e não mais um guro da projeção astral midiático e Youtuber. Se por um lado penso que talvez pudesse ser bom vê-lo compartilhando todo esse rico conteúdo em outros formatos, por outro constato que é justamente por ser assim tal como és e como faz, que as “pessoas certas” que tiverem que chegar até aqui e servirem-se assim o farão. Minhas mais carinhosas reverências ao senhor… Viva!

    Pedro Drummond

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.